segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

2014

2014 foi o melhor ano que poderia ser, para um candidato a artista como eu. Subi num palco de teatro pela primeira vez, participei regularmente de um programa de humor na TV (escolinha do Riso), ganhei mais dinheiro que em anos anteriores, o que não é muita coisa, não tive nenhum apagão, ainda, devido a bebida alcoólica, isso sim, muita coisa e termino com muitas aspirações, como sempre, aliás. Minha aspirações de ano novo são como uma dor de dente que incomoda por uns 10 dias e depois passa. Queria que incomodasse mais. Quem sabe. Um 2015 diferente, pra mim e pra todos! Grande abraço!

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Agosto

Falam que mês de agosto é mês de azar. Eu não tenho medo de azar porque convivo com ele desde sempre, durmo e acordo com ele. Sorte pra mim, é só um pequeno intervalo entre um azar e outro. Nada nunca caiu do céu pra mim, nunca ganhei um bingo, uma rifa, um sorteio qualquer. Pode ser que eu não tenha sido agraciado pela vida com doses homeopáticas de sorte e que ela venha em uma dose cavalar algum dia, tipo ganhar na mega sena de final de ano. Tenho esperança que sim. Agora é só começar a jogar.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Resolvi reativar o blog, parar de usar o bloco de notas do celular e compartilhar meus pensamentos novamente com meus 3 ou 4 leitores, se tanto. Enquanto não vêm textos mais rebuscados, fiquem a vontade pra bisbilhotar os textos antigos.